Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





calendário

Abril 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Arquivo/ Archive

2014

2013




Pesquisar/ Search

 



A Voz

Quarta-feira, 16.04.14

Hoje é Dia Mundial da Voz! Aposto que não sabiam...não me admira, a voz é daquelas coisas que nunca valorizamos, até a perdermos. Mas acreditem que, tanto literal como figurativamente, é dos nossos maiores tesouros. A voz fala sem que nós queiramos, cala-se quando precisamos dela, parece ter vida própria quando nos emocionamos ou quando tentamos esconder algo que nos amedronta. É o escape de um instrumento maior que é o Corpo, outro bem que, graças à influência no pensamento moderno de algumas filosofias orientais e até do pensamento grêgo clássico, aprendemos muitas vezes a desvalorizar. Aquela cena do: o que é do corpo é básico, o que é da mente é elevado...não, não vem do Judeo-Cristianismo. Aliás, bem vistas as coisas, tanto o Judaísmo como o Cristianismo colocam o corpo numa posição de grande importância e destaque, de mãos dadas com o espírito. No caso dos Cristãos, acreditamos até que a eternidade não será vivida só em espírito, mas num corpo redimido. Mas adiante...hoje é Dia Mundial da Voz! A propósito disto, vou falar-vos da Associação Portuguesa de Locutores, que podem encontrar aqui...

 

A APL faz hoje 2 anos, mas já nasceu há mais tempo nos intentos e corações de alguns resistentes desta área. Falo do Alfredo Brito, do Bruno Ferreira, do Augusto Seabra, do Paulo José...mas não só. Somos quase 30 neste momento, e já perdemos alguns pelo caminho. É tarefa dura, e com potencial para muitos desentendimentos, esta de organizar artistas. Se o meu passado sindicalista no SNPVAC me preparou para lidar com algumas contrariedades próprias de mobilizar e moralizar um conjunto informe e heterogéneo de gente, nada se compara ao esforço de reunir debaixo do mesmo guarda-chuva de ética e profissionalismo perfis tão díspares como os que se encontram nesta área. Mas faz-se...e a propósito desta dificuldade, e do que poderá estar na origem dela, alguém me enviou pelo Facebook uma mensagem que ilustra bem a necessidade de nos agarrarmos a determinados valores e princípios, sob pena de desvirtuarmos por completo a nossa profissão que é tão significativa e importante. Vou transcrever:

 

«Creio que a algumas pessoas faltou terem uma professora primária como a minha que, dum modo infantil e simples fazia formação cívica. Aplicada a esta conversa ela contou uma vez a história das vendedoras de limões no mercado que vendiam cada uma 5kg de limões diariamente a 10 escudos o quilo. Até que um dia uma decidiu querer vender mais que as outras e baixou para 5 escudos o quilo. Não me querendo alongar, é óbvio que a história acabou com todas a venderem os mesmos 5kg diários, mas a 1 escudo o quilo. Moral da história dizia ela: a ganância a todos prejudica.»

 

Esta professora deveria ter recebido um prémio, por entender que é desde pequeno que se forma a consciência do Homem de que sem os outros conseguimos muito pouco, ideia que se abandonou em favôr de outro tipo de preocupações mais individualistas. Apela-se para o Eu e o Meu, e esquecemo-nos que o Nós é a base da própria sociedade, e que esta só perde quando tenta desvalorizar a virtude do associativismo. Passou a ser coisa de comuna (perdoem-me a expressão pejorativa). Como em termos de ideologia política cada vez me interessam menos os nomes dos partidos e mais o que eles de facto praticam - e já parece impossível de ignorar que o sistema não é democrático, mas sim plutocrático - não posso deixar de afirmar que precisamos de mais união nas nossas fileiras. Precisamos de união no trabalho, na família, na igreja, nas diferentes esferas em que cada um se move  e onde afirma a sua identidade. Precisamos de coesão e essa implica sacrifício - muitas vezes do que eu penso, do que eu quero, do que eu planeio - e essa, meus caros, é uma palavra que está muito fora de moda. 

 

Obrigada, Deus, por me teres tornado tão démodé.

 

Ah, querem ver o vídeo da APL? Ok

 

Já agora, hoje à noite vou estar no 5 Para a Meia-Noite do Markl. Apareçam.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes/ Recent comments